Três coisas que aprendi me maquiando (e que fazem toda a diferença!)

Eu vou ser bem sincera: não sou uma daquelas garotas que só andam montadas e com maquiagens elaboradas no dia a dia. Para falar a verdade existem makes que eu considero tão exageradas (apesar de várias pessoas curtirem) que até em ocasiões especiais elas não me descem. Mas isso não quer dizer que eu não goste de me maquiar, muito pelo contrário, hoje em dia eu posso dizer com orgulho que não dependo de maquiadora nenhuma na hora de ir para uma festa, mesmo que as minhas produções não sejam nível Camila Coelho.

E como eu não guardo segredo, resolvi mostrar algumas coisas que aprendi me maquiando e que, apesar de simples, funcionam muito!

Corretivo não é tudo igual

 
Eu tenho um problema sério de olheiras. Elas são grandes e arroxeadas e meus corretivos nunca adiantavam muito. Até que a minha tia me presenteou um Studio Finish da Mac em um tom meio amarelado e me mostrou que o amarelo é que “mata” o roxo, não o bege. Daí em diante eu nunca mais deixei de usar esse produtinho mágico e ele é, junto com o BB cream e o batom, um dos poucos itens de make que eu uso todo dia.
dicas de maquiagem
Harper’s Bazaar
Agora, se as suas olheiras forem azuladas o melhor será um corretivo coral, se a sua pele for madura um com hidratante vai fazer a diferença e um corretivo iluminador vai dar um “up” bem legal no seu visual. E há quem diga que o verde serve para as espinhas (vocês sabem se funciona mesmo?).

 

Degradê de sombras

 
Pode não parecer, mas existe toda uma lógica na hora de aplicar as sombras. No cantinho interno do olho e na parte debaixo da sobrancelha deve ser aplicada uma sombra iluminadora, para abrir o olhar. No côncavo deve ser aplicado um tom mais escuro para dar profundidade, o mesmo deve ser feito no canto externo. Por fim, na pálpebra irá entrar a cor principal que servirá de transição entre os tons mais escuros e os mais claros. É bom usar uma paleta de sombras da mesma gama, assim elas combinam entre si. 😉
dicas de maquiagem
Trends-Style

 

Aplicando o delineador certinho

Delineado parece mesmo um bicho de sete cabeças, e eu vou confessar que as vezes eu ainda me embanano com ele. Mas, o que se deve ter em mente é que você provavelmente não vai conseguir acertar o desenho de primeira e que vai precisar de um pouco de prática para fazer tudo sem errar. Uma boa dica é começar com a caneta delineadora, o traço dela não é muito forte mas as chances de borrar são bem menores. Fazer um esboço do traçado e só depois preencher, como na foto, também me ajuda muito.

dicas de maquiagem
Nicola Kate Makeup

 

Gostaram das dicas de maquiagem? Me contem se vocês curtem esse tipo post. 🙂 Beijos! 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *