Estilo Grunge – Throwback Thursday

estilo grunge

Surgido no final da década de 80/início da de 90, o termo grunge fazia referência às bandas de rock formada por jovens que faziam canções inspirados pelo heavy metal e o indie rock. As letras eram carregadas de críticas sociais, sarcasmo e às vezes até por um clima de apatia e não demorou muito para que o que começou apenas como música de garagem influenciar uma geração inteira.

 

estilo grunge
Winona Ryder, Mila Jojovich e Drew Barrymore

No início, a moda grunge foi sinônimo de moda barata e era típica dos adolescentes que não tinham muito grana, mas depois da crescente popularidade de bandas como Nirvana e Pearl Jam e da ascensão de ícones rebeldes como o casal Winona Ryder e Jonny Deep, Drew Barrymore (sim, ela já foi bem louquinha) e Kate Moss, o estilo underground passou a ganhar cada vez mais força.

estilo grunge
Dulceida – Wild Daisy – Pinterest

Pode até não parecer de cara, mas além de ter uma história super interessante o estilo grunge é também rico em elementos. Sobreposições, meias 3/4, xadrez, bastante jeans, coturnos, gorros, peças oversized, de couro, rasgadas, camisetas de banda…tudo isso fazia parte da estética grunge. Já no campo da beleza era ou tudo ou nada: desde a cara lavada e o greasy hair até batons pretos e madeixas multicoloridas. Aliás, muitos dos batons roxos que fazem sucesso hoje em dia surgiram nessa época.

Se você quer atualizar o estilo, no entanto, não adianta sair usando tudo de uma vez. Como eu já falei aqui no blog várias vezes, menos é mais. É legal combinar só alguns elementos, principalmente os menos caricatos (olha como ficou legal os looks das meninas com meia 3/4). Assim dá pra fugir do óbvio e ter uma composição mais moderna. 😉

estilo grunge
Tumblr – Pinterest – Le Happy

 

Gostaram de conhecer mais sobre o estilo grunge? Então aproveitem para dar uma olhada no primeiro post que eu fiz na vida, sobre boho chic. É legal ver como eu era diferente (ou não…). Beijos!

responses to “Estilo Grunge – Throwback Thursday” 2

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *